Podem ver as personagens aqui

Domingo, 1 de Março de 2009

Selling a Lie - 1º Capítulo

Hallo!

Man's, criámos o blog à bocadinho e então, vamos postar... hoje..

Primeiro vai ser o prefácio e depois o primeiro capitulo

Kussibu.

____________________________

 

 

 

" A vida dá muitas voltas. Por mais que custe. Por mais que soframos. A vida está sempre a mudar. Um dia, uma pessoa pode estar a sorrir, como no outro pode estar a chorar.
Todos os dias, uma pessoa morre, outra nasce. A vida é o incerto.
Talvez, a vida seja a imperfeição da perfeição.
Nessa vida, o amor é a conjunção de vários factos. Factos esses, que podem levar à contrução de algo. Ou até à destruição.
Mas, o que é o amor? O amor é aquilo de leva mentiras? O amor é apenas um sentimento?"
 
[Elly]
Eu- Eu já sabia que isto ia acontecer! Nós as duas sozinhas no meio dos punks!!
Rita-Punks?-Olhou em volta-Oh Elly, tira-me daqui Oo eles vão me bater-Agarrou-me o braço
Eu- Tem calma!! Mas será que aqueles dois, ainda não perceberam que estamos sozinhas!?- os gajos estavam a olhar muito para nós.
Rita- Eles tem um olhar um pouco... arrebatador e... não me parece boa ideia estarmos aqui --'
Eu- Vamos tentar furar!! Rita, pára de olhar, assim é pior!!- nós tentamos passar mas somos barradas.
-Lamento - Olhou-nos de alto a baixo - Mas parece que tem de ficar ao pé de nós-Um grupo de rapazes riu-se.
Rita - Elly --'
Eu - Não lamentes - Empurrei-o mas agarrou-me o braço com força. - Estás a aleijar-me.
-A sério? Não me digas - Puxou-me
Rita - Hey! -Empurrou o gajo -Deves ter a mania man --'
Eu- Se fosse a ti largava!!- disse penetrando os meus olhos nos dele.
- Temos meninas valentes!!- outro chega-se e agarra a Rita por trás.
Rita- Hey, larga-me!!
- E viva à liberdade, minha gente!!- ele puxou-a ainda mais para ele.
Eu- Ouve lá, oh morcão, queres ter 5 dedos marcados!?
- uhuhuh fera-Gozou
Eu-Fera o cara—
Rita-Elly!-Gritou tentando debater-se
-Nada melhor do que festejar com duas beldades como vocês.
Rita-O caralhinho -Revirou os olhos
Eu-Larguem já!
-Se nao fazem o que?-Beijou-me o pescoço.
Eu- Isto!!- dou uma joelhada bem no sitio, agarro no pulso da Rita e tento fugir mas somos barradas por mais dois.
- Onde pensam que vão, a festa acabou de começar!!- oh meu deus, Bill onde estás?, a cara da Rita era pânico autentico.
Eu-Er... nós vamos embora-Tentei esquivar-me.
Rita-Oh cabrão estão ali gajinhas mesmo boas
-Para que olhar se estão aqui a minha frente?
-Ya meu-Riu-se enquanto dava um gole numa lata de cerveja
Eu -Bêbados, nojentos, porcos
Rita- Mesmo a sério --'
Do lado de lá vi Tom e Bill a aproximarem-se enquanto olhavam de um lado para o outro, acenei com o braço gritando o nome de Bill e de Tom que vieram ao nosso encontro.
Acordo de manhã e olho para a minha direita vendo as horas e já sabia que tinha que arrancar o meu miúdo da cama.
Eu- Amor!!- dizia ao ouvido dele.- Toom!!- Comecei a abaná-lo.
Tom-Huumm?
Eu- Primeiro dia de aulas!
Tom-E o que é que eu tenho a ver com isso? - Continuou agarrado à almofada com os olhos completamente cerrados
Eu- São teus filhos e mexe-te que tens que ir para Hamburg !!
Tom- Ela vai para a faculdade não é?
Eu- O que o sono te faz!! – Levantei-me e troquei de roupa.
Tom- Há algum problema? - Olhou os rapazes que nos impediam de passar.
Rita-Não nos deixam passar!-Olhou de lado o rapaz que a estava a agarrar.
Bill-Fizeram-te alguma coisa Elly?-Puxou-me para junto de si
Eu- Não.
Tom- Larga-a!-O rapaz redimiu-se e afastou-se. -Onde é que estavam?-abraçou-a.
Bill- Andámos o tempo todo a vossa procura
Eu- Nunca mais te afastes, ouviste Bill Kaulitz!!- ele beijou-me com carinho.
Tom- Como é que vieram ter a este lado?
Rita- Estávamos à vossa procura, até nos metermos no meio deles!!- eu olhava para eles, realmente eram o par perfeito, o Tom olhava com calma os olhos dela, como se estivesse a acalmá-la.
Bil- Querem ir para casa?
Eu- Quero ficar contigo!!
Bill-Oh amor, então vamos para.. um sitio mais discreto não sei, aqui está uma grande confusão
Tom-Mas a festa mal começou Bill!
Rita- Tu és mesmo otário Tom --'
Tom-Eu? Porquê liebe?
Eu-Er... por nada Tom-Ri-me
Bill-Vão ficar por aqui?-Deu-me a mão entrelaçando os dedos nos meus.
Tom-Eu acho que sim
Eu- Vê lá senão perdes a minha menina!!
Tom- Fica descansada, daqui ela não sai!!- diz abraçando-a.
Rita- Ai de ti que me deixes sozinha!!
Bil- Não tinha coragem para isso!!- disse quando já íamos a afastar-nos. Chegámos à mota do Bill, e andámos até ao nosso sitio.
Eu-Bill-Saí de cima da mota fitando-o.
Bill-O que foi?-Olhou-me sorridente.
Eu- Quem me dera que... o tempo parasse -Bill sorriu estridentemente e abraçou-me rodopiando.
Bill -Não é preciso o tempo parar Elly -Beijou-me -Porque vamos ficar juntos para sempre, vou te aturar velha na mesma -Soltou uma gargalhada.
Eu-Parvo -Dei lhe um murro leve no braço.
Bill- mas tu não vives sem mim!!- disse beijando-me o ombro.
Eu- Isso dizes tu!!
Bill- Eu sei que é verdade!!- disse segurando-me na cintura.
Eu- Como tens tanta certeza?
Bill- Porque foi a mim que escolheste para dançar naquela noite, mesmo tendo os alemães mais bons a olharem para ti!!
Eu- Eu amo-te!!- acabei por dizer e puxando o queixo delc para o beijar docemente ao que ele fez questão de prolongar o beijo.
Bill- E eu a ti-Sorriu desviando-me o cabelo da cara- Eu até sou giro-Arqueou o sobrolho.
Eu- E convencido também-Ri-me
Bill-Estou a falar a sério Elly --'
Eu-Claro que és giro, és lindo, maravilhoso e eu amo-te -Beijei-o de novo.
Bill-Anda-Deu-me a mão e descemos pela relva até ao pequeno ribeiro
Eu- Tom!!- disse indo à beira dele- Anda levanta-te!!- ele puxa-me para ele fazendo-me deitar à beira dele.
Tom- Podias voltar a despir-te e ficavas aqui comigo!!
Eu- Até ficava!! Mas temos dois filhos atrasados e ferrados a dormir!!
Tom-Oh-Fez uma careta-Anda lá Elly-Suplicou.
Eu-É o primeiro dia de aulas Tom-Suspirei.
Tom-Tudo bem-Levantou-se dando-me um beijo na testa entrando de seguida para a casa de banho.
Eu-Despacha-te!-Saí do quarto.
Entrei no quarto da Mika e observei-a dormir, era totalmente diferente do irmão, fazia-me lembrar o—
Mika-Mãe?-Bocejou-Que horas são?
Eu- Estás atrasada!!- disse indo ligar a água do chuveiro dela, passei por ela e dei-lhe um beijo na testa.
Mika- Fo*****!!
Eu- Mikaela olha a linguagem!!
Mika- Desculpa mãe!!- ela já estava a pé e eu segui para o quarto do Will
Bill-Prometes que não te esqueces deste dia?-abraçou-me por trás enquanto arrancava erva fresca da relva.
Eu-É impossivel esquecer-Olhei os seus olhos brilhantes.
Bill-Oh, claro, queda do muro de Berlim quem é que vai esquecer? -Fez cara de indignado.
Eu- Eu sei que te estavas a referir a nós.
Bill-Cool-Olhou o reflexo da lua no rio.
Eu-Vais continuar em Berlim certo?
Bill-Claro-Sorriu.
Eu- Vai ser uma noite que vai ficar gravada na minha memoria até ao fim dos meus dias!!
Bill- Que vai ser ao meu lado!!
Eu- Faço intenções disso!!- eu viro-me e vejo-o sentado em cima da relva, ele puxa-me e eu vou descaindo, e dando um beijo de completa dedicação.
Bill- Amo-te tanto, que à vezes até tenho medo deste amor!!
Eu- Não tenhas e vive!!
Bill- Eu por ti vivo onde for preciso -Fez deslizar o fecho do meu vestido deixando-me apenas em roupa interior perante si.
Eu-Se alguém aparece? -Passei as maos por baixo da sua camisola.
Bill- Nao era para vivermos o nosso amor? –Questionou -Então, estamos a vivê-lo -Beijou-me deitando-se por cima de mim enquanto me acariciava as pernas.
Tirei lhe a camisola e beijei os seus abdominais procurando o botão das calças.
Eu- Vontade não me falta!!- sempre o encontrei, desapertando o cinto e depois o botão das calças, ele beijava-me cada vez mais, passado para o pescoço, as suas mãos passaram para as minha costas, encontrando o sutian, eu tirei-lhe as calças.
Bill- Queres mesmo isto?- eu dou-lhe um beijo como resposta, ele acaba por me tirar o sutian, as suas mãos passeavam pelo meu corpo,os seus labios estavam no meu peito, as minhas unhas começavam a cravar-se nas costas dele e mordia-lhe a orelha, as suas mãos passam para as minhas cuecas, ele olha-me com carinho, estava cada vez mais apaixonada por ele e desejava-o cada vez mais.
Bil- És tão linda!!
Eu- E tua!!- ele beija-me com urgência, acabando por me tirar as cuecas, eu tiro-lhe os boxers, deixando os nossos corpos completamente nus.
Bil- Tu não me pertences eu é que te pertenço a ti!!- eu puxo-o para mim, as suas mãos passam para a minha face dando-me mimos, e eu beijo-lhe as mãos, ele entra em mim devagar e com os olhos presos nos meus, os nossos movimentos agora sincronizados começavam a aumentar de velocidade, as suas mãos passeavam pelo meu corpo acariciando cada parte, a nossa respiração ofegante embatendo um no outro . Os nossos lábios tocavam-se varias vezes como se passemos vida um ao outro, sabia que estamos próximos do nosso máximo.
Eu- Biill!!- ele continuava, as minhas mãos estavam entrelaçadas no cabelo dele, atingimos o nosso máximo de prazer, mas não o máximo de amor de tínhamos para dar um ao outro.
Eu- Tua para sempre!!
Bill- Não vivo sem ti ao meu lado!! Nunca te vás embora!!
Eu- És a minha droga viva - ele acaba por descair em cima de mim, beijámo-nos e as nossas mãos ficaram entrelaçadas.
Eu-Já estão?-Peguei numa peça de fruta.
Tom-Já -Tirou as chaves do carro que estavam na estante da sala e ajeitou o casaco.
Will -Seca para as aulas-Fez uma careta.
Eu-Sim, está bem-Descemos as escadas e entrámos no carro.
Mika-Nada de andares atrás de mim puto.
Will-É por causa do teu namoradinho?
Mika-Cala-te!
Tom-Namorado? -Olhou Mika através do espelho retrovisor -Que historia é essa?
Mika-Tenho 18 anos, vida privada e tal.
Eu-Mika, depois vais buscar o Will ok?
Mika-A escola dele tinha mesmo de ser na mesma rua que a minha faculdade? –Protestou.
Will- Mãe já tenho 16 anos, sei ir para casa sozinho!!
Tom- Will, não desgrudas da tua irmã, e se o caramelo aparecer chama-me!!
Eu- Deixa-te de ser assim!! Mika, não deixes o Will sozinho, eu não confio nele!!
Will- Mas já confias no pai e dizes que sou igualzinho a ele!!
Tom-Mas eu tenho mais capacidade de persuasão.
Eu-Desculpa?-Olhei-o de lado o que fez Tom soltar uma gargalhada.
Mika -Não vou buscar este anormal e pronto.
Tom-Estás avisado Will, está de guarda.
Mika-Cambada de machistas
Will- Então ela que não me chateie.-o carro pára e Will sai dando um beijo à mãe e um ao pai.
Will- A ti não te dou porque o teu namorado pode ficar com ciúmes!!
Mika- Ai, se eu te apanho estás morto!!
Eu- E como se chama o rapaz?
Mika- Não há namorado nenhum é só uma curte, prolongada, mas uma curte!!
Tom- O quê!? Ainda por cima usam e deitam fora, eu quero falar com o marmanjo!!
Mika- Sim pai!!- o carro pára.
Eu- Boa sorte!!
Tom- Cuidado com os rapazes!!- ela dá um beijo a cada um.
Mika- eu defendo-me bem!!- ela sai do carro e nos continuamos o nosso caminho até ao meu atlier
publicado por Ritiik às 02:01
link | comentar | favorito
15 comentários:
De *Kika* a 1 de Março de 2009
Adoro a fic, está simplesmente um máximo. Escrevem muito bem mesmo!
Continuem a postar!
Bjs ***
De carijonas a 1 de Março de 2009
adorei!!!
ta simplesmente lindu!!!!!!!
mais please
De Francieli Daronco a 1 de Março de 2009
Gurias, tô gostando muito dessa fic nova, mas o que mais me chamou a atenção foi essas duas histórias que se cruzam e a maneira com que escrevem, já tô esperando mais posts... Beijos e abraços!!!
De rt' a 2 de Março de 2009
uuuhh... iztu chama.me à atenzao!

[RITINHA]ate te fazia aqilu qe tye dize qe fazia ms eu n me chamu Renato pr izu...

POSTEM!! PR FVR!!!!! Eu qeru sbr o qe acontezeu!!!!! --,
estão a deixar.me loca! --"


mais sim??

[ritinha... ai ai...]

De Ari^^ a 11 de Maio de 2009
^^
AchO Q pOr enQuantO
ficO sO nesta fic...
TãO mesmO de PARABENS!!
Epah já estaO nO capitulO 57...
Mas eu leiO!!

LeiO Os blOgs das duas mas estOu mais
atrasada nO da Elly ( DESCULPAAAAAAS!)

VOu cOntinuar a ler...
(NãO cOmentO tOdOs)

Comentar post

.mais sobre mim

 

Fics
Selling a Lie
The Other Kaulitz Boy I

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.